Auxílio emergencial: 77% dos solicitantes receberam as parcelas do benefício

Dos 1300 entrevistados em estudo inédito sobre o auxílio emergencial do governo federal, 56% afirmaram ter direito ao benefício financeiro, e 75% destes formalizaram o pedido para receber as três parcelas de R$ 600. Dentre eles, 77% receberam as primeiras parcelas. 31% afirmaram que mais de uma pessoa da casa têm direito ao auxílio. Aproximadamente nove em cada dez entrevistados (92%) que recebem o auxílio são a favor e já contam com a extensão do auxílio, que a princípio seria pago três vezes, mas foi prorrogado, recentemente, por mais dois meses pelo governo federal. A maioria dos beneficiados se consideram endividados.

Entre quem ainda não recebeu as parcelas do auxílio emergencial (23%), a maioria (76%) tem esperança de recebê-lo. Quando questionados sobre o motivo de ainda não terem recebido os valores, 33% disseram que estão com a análise do pedido pendente, 18% devido ao cadastro desatualizado e 14% por conta de problemas com o aplicativo/internet, como ilustra o gráfico.

Sobre a percepção financeira atual em meio à crise causada pela pandemia da covid-19, 60% dos entrevistados se consideram muito ou mais ou menos endividados, e 40% pouco endividados. 90% acreditam que a vida financeira está pior que no ano passado. 68% consideram que a situação financeira voltará ao normal em até um ano, ao passo que o restante (32%) acreditam que a melhora levará mais de um ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-108701092-1');